Rush - Time Stands Still



[postlink]http://musicas-antigas.blogspot.fr/2011/08/rush-time-stands-still.html[/postlink]http://www.youtube.com/watch?v=4QfvFy2Qy-Mendofvid
[starttext]
Informações:

Ano: 1986
Disco: Hold Your Fire

Letra da Música & Tradução:

I turn my back to the wind
To catch my breath,
Before I start off again
Driven on,
Without a moment to spend
To pass an evening
With a drink and a friend

I let my skin get too thin
I'd like to pause,
No matter what I pretend
Like some pilgrim
Who learns to transcend
Learns to live
As if each step was the end

Time stand still
I'm not looking back
But I want to look around me now
Time stand still
See more of the people
And the places that surround me now
Time stand still

Freeze this moment
A little bit longer
Make each sensation
A little bit stronger
Experience slips away...
Experience slips away...
Time stand still

I turn my face to the sun
I close my eyes
I let my defenses down
All those wounds
That I can't get unwound

I let my past go too fast
No time to pause
If I could slow it all down
Like some captain,
Whose ship runs aground
I can wait until the tide comes around

Time stand still
I'm not looking back
But I want to look around me now
Time stand still
See more of the people
And the places that surround me
Now

Freeze this moment
A little bit longer
Make each sensation
A little bit stronger

Make each impression
A little bit stronger
Freeze this motion
A little bit longer

The innocence slips away...
The innocence slips away...
Time stand still
Time stand still

I'm not looking back
But I want to look around me now
See more of the people
And the places that surround me now
Time stand still

Summer's going fast
The nights growing colder
Children growing up
Old friends growing older

Freeze this moment
A little bit longer
Make each sensation
A little bit stronger
Experience slips away...
Experience slips away...
The innocence slips away...


Viro minhas costas para o vento
Para tomar o fôlego
Antes de começar novamente
Dirigindo
Sem um momento à perder
Para passar uma noite
Com uma bebida e um amigo

Eu deixei minha pele ficar tão desbotada
Eu gostaria de parar
Não importa o que eu finja
Como algum peregrino
Que aprende a transcender
Aprende a viver
Como se cada passo fosse o fim

Tempo fique parado
Eu não estou olhando para trás
Mas agora eu quero olhar ao meu redor
Tempo fique parado
Ver mais das pessoas
E dos lugares que me cercam agora
Tempo fique parado

Congele esse momento
Um pouco mais
Faça cada sensação
Um pouco mais forte
Experiência nos escapa...
Experiência nos escapa...
Tempo fique parado

Eu viro minha face para o sol
Fecho os meus olhos
Abaixo minhas defesas
Todas aqueles ferimentos
Que eu não posso curar...

Eu deixo o meu passado ir muito rápido
Sem tempo pra parar
Se eu pudesse diminuir toda essa velocidade
Como algum capitão,
Cujo navio está encalhado
Eu posso esperar até a maré chegar

Tempo fique parado
Eu não estou olhando pra trás
Mas agora eu quero olhar ao meu redor
Tempo fique parado
Ver mais das pessoas
E dos lugares que me cercam
Agora

Congele este momento
Um pouco mais
Faça cada sensação
Um pouco mais forte

Faça cada impressão
Um pouco mais forte
Congele esse movimento
Um pouco mais

A inocência se vai...
A inocência se vai...
Tempo, fique parado
Tempo, fique parado

Eu não estou olhando para trás
Mas agora eu quero olhar ao meu redor
Ver mais das pessoas
E dos lugares que me cercam agora
Tempo fique parado

O Verão está indo rápido,
As noites ficando mais frias
Crianças crescendo,
Velhos amigos ficando mais velhos

Congele este momento
Um pouco mais
Faça cada sensação
Um pouco mais forte
Experiência nos escapa...
Experiência nos escapa...
A inocência nos escapa.

[endtext]

0 comentários:

Postar um comentário